domingo, 25 de julho de 2010

A Lua Em Ti - Documentário da Semana #3

Vamos abordar um tema de que não se fala. O período. Um fenómeno biológico normal. Porque não se fala na menstruação? Não sei. Dá-se o nome de Benfica, altura do mês, visita, tudo como um segredo. Chiuuu.

Por acaso, eu falo bastantes vezes nele, porque sofro dores muito fortes, talvez genético, uma herança que dispensava. Ninguém me sabe explicar o porquê das dores. Há uns anos frequentei aulas de dança do ventre e não me lembro se as dores diminuíram ou não. Depois de ver este documentário, vou iniciá-las outra vez. Aquilo até era giro e parece que tenho jeito. O que não é difícil na Alemanha (he he he...sério). Também tenho investigado relatos de pessoas que dizem ter diminuido as dores através de outros métodos, como nutrição, certo tipo de exercícios, etc. Vou experimentando até encontrar a solução. Se algo resultar, digo-vos, nem que a solução seja fazer o pino vestida de verde a cada terceira lua nova (já que tenho uma lua em mim), porque estas coisas são para partilhar.

Este é um documentário para todos. Chhiuu. Sobre aquilo que ninguém fala.

Trailer em espanhol:
La luna en ti from Yorokobu on Vimeo.

Resumo em inglês: "Like many other women, Diana has been suffering from problematic periods for years. With every new cycle, the same question arises: “Why the pain and annoyance if I am healthy?” Her initial innocent curiosity sparks off an emotional voyage to the very roots of femininity and life. "The Moon Inside You" is a fresh look at a taboo that defines the political and social reality of both women and men in a more profound way than society might be willing to admit. Facing the menstrual etiquette with doses of humour and self-irony, the documentary approaches the subject through both personal and collective references, thus challenging our preconceived idea of womanhood."

Documentário "The Moon Inside You" completo, com legendas em inglês:

Mais informações sobre o documentário aqui.

Chhhiuu...

3 comentários:

ntozei disse...

A menstruação realmente ainda é um tabu pra muita gente e os modos de absorvê-la, também. Tem gente que morre de vergonha quando vai comprar absorvente e a maioria das pessoas faz cara de nojo quando é apresentado ao coletor menstrual. Fantástico o documentário! Grata por compartilhar.

A ideia de acompanhar a menina durante o processo até a primeira menstruação foi muito boa. Realmente incrível a imagem que as crianças (homens e mulheres) têm da menstruação, porque me pareceu igualzinha às imagens que via por aqui. Além disso, o documentário abordou questões relevantes em relação ao trabalho e à produtividade da mulher em tempos de menstruação ou TPM.

E eu adorei quando uma entrevistada fala que os homens também têm alterações emocionais, mas que, pelo menos, a gente consegue prevê-las. Aí veio a questão dos ciclos irregulares e do anticoncepcional, com uma visão bastante negativa. Quando eu vi a entrevista com o médico (menstruação como sinal do demônio??? pfff) eu fiquei comum pouco indignada/irritada. Fazer as crianças menstruarem apenas quando elas estiverem preparadas, ou seja, quiserem? Ideia muito perigosa e estranha.

ntozei disse...

Ah! Por falar nesse tipo de tabu, lembrei do filme (com características de documentário) Monólogos da Vagina, baseado na peça de teatro homônima. Já viu? É interessante, também.

ecila disse...

ntozei, também achei fantástico :-) Tens toda a razao, travar o aparecimento natural da menstruacao na adolescencia é uma ideia muito perigosa e triste.

Os homens também têm ciclos/alteracoes hormonais (aprendi na faculdade na cadeira de medicina criminal) mas sao mais longas do que as nossas. Como nao sao premiados com a menstruacao fica mais dificil de identificar, só dá para adivinhar pelos humores ;-)